É necessário que seu navegador esteja com o javascript habilitado
logo

Sarau musical celebra aniversário de Rubem Braga em Cachoeiro

Publicada em 05 de janeiro de 2018

Ação é promovida pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e TurismoAção é promovida pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo

O aniversário dos 105 anos do escritor cachoeirense Rubem Braga (1913-1990), considerado o maior nome da crônica brasileira no século 20, será comemorado em sua terra natal, no próximo dia 12, com sarau musical promovido pela prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim.

Intitulado “Braganiando: um passarinho me contou”, o evento terá entrada franca e vai acontecer na Casa dos Braga (rua 25 de Março, Centro), a partir das 19h.

Organizada pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult), a programação inclui leituras de obras do “sabiá da crônica”, que ocorrerão intercaladas ao show do cantor e compositor Fábio Coelho. Haverá, também, participação do músico e intérprete Hélio Sampaio. Ainda no sarau, vão ser lidos textos de outros autores, com temáticas em torno do aniversariante celebrado.

“O mote do sarau deste ano é direcionado à preservação da natureza, porque Rubem também foi um grande ambientalista. E o artista convidado, Fábio Coelho, também é envolvido com essa questão. Durante seu show, por exemplo, ele fará números com pios da fábrica de sua família”, explica a secretária municipal de Cultura e Turismo, Fernanda Martins.

“Vale frisar que uma das leituras será a da cópia de uma carta que Rubem endereçou a Gil Gonçalves, em 18 de janeiro de 1971. Nela, o cronista expressa seu sonho de que a residência de sua infância se transformasse em um museu”, adianta Neuza Maria dos Santos, coordenadora da Casa dos Braga.

Biografia

Rubem Braga nasceu em 12 de janeiro de 1913, em Cachoeiro, filho do primeiro prefeito da cidade, Francisco Braga. Foi criado no casarão da rua 25 de Março, no Centro, que hoje leva o nome da família.

Iniciou-se no jornalismo ainda em Cachoeiro, aos 15 anos, no jornal Correio do Sul, de propriedade de seu pai. Mesmo depois de se formar em Direito, em Belo Horizonte, continuou se dedicando ao periodismo. Foi correspondente na Revolução Constitucionalista (1932) e na Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Com passagem pelos principais jornais do país, Rubem ganhou reconhecimento nacional com a crônica, que ajudou a consolidar como gênero literário. Autor de mais 15 mil textos, faleceu em 19 de dezembro de 1990.

Exposições

Atualmente, o espaço em que será realizado o sarau conta com duas exposições sobre a família Braga de Abreu: “Minha cidade, minha casa”, com diversos objetos; e “Rubem e seus amigos artistas”, que exibe material alusivo à relação entre o cronista e seus contemporâneos nas áreas artísticas de música, pintura, escultura, dramaturgia e poesia.

A Casa dos Braga fica aberta à visitação de segunda a sexta, das 9h às 18h. Já aos sábados e feriados, funciona das 9h às 15h.

Pré-Bienal e programação de verão

O “Braganiando: um passarinho me contou” integra a série de atividades pré-Bienal Rubem Braga 2018. Tem também o blog “Nas asas da borboleta amarela”, voltado à publicação de textos de cronistas amadores de Cachoeiro (www.semcult.cachoeiro.es.gov.br).

E há, ainda, o projeto itinerante Pé de Livros, que, além de visitar locais de Cachoeiro com árvores, passou a percorrer outras cidades da região sul, com o propósito de mobilizar seus moradores para a feira literária, agendada para maio.

Aproveitando a temporada de verão, a iniciativa contemplará, neste mês e em fevereiro, a área litorânea. As próximas ações estão marcadas para o dia 10, na Praia Central de Itaoca, em Itapemirim, e para 17 de fevereiro, em Itaipava, no mesmo município. O horário, em ambas as ocasiões, será das 16h às 18h.

O sarau faz parte, ainda, do projeto de verão “Viva a Região dos Vales e do Café”, desenvolvido pela Semcult, em parceria com a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semesp).

A agenda, que inclui uma série de atividades culturais, esportivas e turísticas, vai se estender até abril de 2018 e deverá envolver, durante esse período, moradores de Cachoeiro e, ainda, de Atílio Vivácqua, Mimoso do Sul e Muqui, cidades sulinas que também integram a região.

Copyright © 2013 Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - Todos os direitos reservados
Praça Jerônymo Monteiro, 28 - Centro - Cep.: 29300-170 | SAC 156 - Tel.: 28 3155-5237