É necessário que seu navegador esteja com o javascript habilitado
logo

Mesas-redondas trazem artistas de renome à Bienal Rubem Braga

Publicada em 04 de maio de 2018

Moisés Liporage participa de mesa sobre Vinícius de Moraes, no dia 16Moisés Liporage participa de mesa sobre Vinícius de Moraes, no dia 16

Além dos escritores que moram no Espírito Santo, esta sétima edição da Bienal Rubem Braga conta ainda com expoentes das artes de outros cantos: 33 vêm de outros estados do Brasil, e uma, da Alemanha, caso da ilustradora brasileira Lígia Fascioni, que mora em Berlim.

Ana Karla Dubiela e Narjara Tureta virão do Ceará e do Rio de Janeiro, respectivamente, e integram a conferência de abertura, no próximo dia 15: “Rubem e a arte que interliga as cidades”. A Bienal terá cinco dias de programação, na Praça de Fátima.

“Trazer à nossa cidade esses expoentes ligados à literatura e a outras manifestações promove sua interação com o público e os artistas daqui, ao mesmo tempo em que promove Cachoeiro ao mundo. Um dos objetivos da Bienal é manter viva a memória de Rubem Braga, e receber esses colaboradores faz parte desse processo, que inclui o estímulo a novos escritores”, avalia o subsecretário de Cultura e Turismo, Lucimar Costa, curador do evento.

A maior parte desses participantes vem de cidades fluminenses, mas há também escritores de Minas Gerais, Roraima, São Paulo, Pará e Distrito Federal. A literatura fantástica terá grande espaço no sábado, dia 19, com atrações pela manhã e à tarde. Os convidados de fora do estado são Diogo Ramos, Ana Lúcia Merege, Leonardo Reis, Felipe Castilho, Artur Moraes, João Paulo Silveira, André Regal, Gabriel Tennyson e Diego Ribeiro.

Artistas esmiúçam obra de homenageados

Grande destaque desta Bienal, três amigos de Rubem Braga serão pauta de mesas-redondas com artistas de renome no cenário nacional. Cada uma tem foco em um dos homenageados, nos dias 16, 17 e 18: Vinícius de Moraes, Sérgio Buarque de Holanda e Cândido Portinari.

Participam nessas mesas Moisés Liporage, José Castello, Tom Farias, Daniel Munduruku, Cristino Wapichana, Junião, Graça Lima e Ana de Hollanda, ex-ministra da Cultura e filha de Sérgio Buarque de Holanda.

As inscrições para as atividades da 7ª Bienal Rubem Braga devem ser feitas pelo site bienalrubembraga.cachoeiro.es.gov.br


Conheça alguns dos convidados!

Beto Silva é humorista fluminense, nos dois sentidos. Fundou a revista de humor Casseta Popular, ao lado de Marcelo Madureira e Hélio de La Peña, e integra o grupo humorístico Casseta & Planeta. Lançou os livros “Júlio sumiu”, “Uma piada pode salvar sua vida”, “O dia em que me tornei Fluminense” e “Cinco contra um”.

Daniel Munduruku é escritor e professor paraense e pertence à etnia indígena mundurucu. É presidente do instituto Uka - Casa dos Saberes Ancestrais e já foi premiado pela Academia Brasileira de Letras, pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e pela Unesco. É mestre em Antropologia Social e doutor em Educação e escreve livros com foco no público infantil.

Ana de Hollanda é cantora e compositora paulista, ex-ministra da Cultura. Integrou com o irmão o conjunto Chico Buarque e as Quatro Mais e gravou em 1980 seu primeiro disco solo, homônimo. Na mesma década, chefiou o setor musical do Centro Cultural São Paulo e foi secretária de Cultura em Osasco. De 2003 a 2007, dirigiu o Centro de Música da Funarte, quando resgatou o Projeto Pixinguinha.

Pedro Henrique é criador do projeto “Um Cartão” por meio de perfil no Instagram, com centenas de frases e mensagens que discursam sobre a vida e o amor. Lançou pela editora Rocco em 2015 o livro “Um Cartão – sentimentos cotidianos”, que reúne 91 das melhores frases. Na obra, todos os cartões são destacáveis: podem ser distribuídos ou virar peças de decoração.

Cristino Wapichana é compositor e escritor roraimense com prêmios que incluem a Estrela de Prata do Prêmio Peter Pan, do International Board on Books for Young People, da Suécia, pelo livro “A boca da noite”, com o qual conquistou também o terceiro lugar em sua categoria no Prêmio Jabuti, no ano passado.

Luís Ernesto Lacombe é um jornalista, apresentador e escritor e mora no estado do Rio. Iniciou no jornalismo em 1988 e, na TV, atuou nas emissoras Globo, por 20 anos, e Bandeirantes. É neto do historiador e imortal da Academia Brasileira de Letras Américo Jacobina Lacombe e tem quatro livros publicados: “Ilha de Santa Catarina – jardim do Brasil”, “Cartas de Elise - uma história brasileira sobre o nazismo”, “Manual poético dos esportes olímpicos – e um dedinho de prosa” e o best-seller infantil “E aí, bicho?”.

Reinaldo Figueiredo é humorista, cartunista e músico, também integrante do grupo Casseta & Planeta. Toca contrabaixo no quarteto Companhia Estadual de Jazz. Em 1984, junto com Hubert e Cláudio Paiva, criou o tablóide mensal O Planeta Diário, cujo slogan era: “Um jornal sem o menor compromisso com a verdade”. Atuou de 1974 a 1985 como cartunista e ilustrador no cultuado semanário de humor O Pasquim. Os quatro livros publicados são “Escândalos ilustrados”, “Desenhos de humor”, “Noites de autógrafos” e “A arte de zoar”.

José Guimarães Castello Branco é escritor, jornalista e crítico literário. Exerce jornalismo desde a década de 70. Publicou, em 1993, a biografia de Vinicius de Moraes, época em que atua no jornal O Estado de São Paulo como cronista e repórter. Castello colaborou também com as revistas Veja, Playboy e IstoÉ, para o semanário Opinião e para o jornal literário Rascunho. Em 2011, ganhou o Prêmio Jabuti com “Ribamar”. Escreve hoje para O Globo.

Moisés Liporage é jornalista especializado em cinema, roteirista e escritor. Trabalhou por 12 anos no canal Multishow, colaborou com o Canal Brasil e, há quase 10 anos, é redator e repórter do Telecine. Foi responsável pelo texto e a apresentação da Sessão Cult Movie do Telecine Cult e hoje é um dos apresentadores do 3 Pipocas, programa semanal de debates sobre cinema no Dá um Play, canal online do Telecine. Como escritor, lançou os livros “Coisas de homem”, “O gato subiu no telhado”, “Carniça”, “Tem um morcego no meu pombal” e “O olho da rua”.

Copyright © 2013 Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - Todos os direitos reservados
Praça Jerônymo Monteiro, 28 - Centro - Cep.: 29300-170 | SAC 156 - Tel.: 28 3155-5237