É necessário que seu navegador esteja com o javascript habilitado
logo

Dicas para economizar na compra de material escolar

Publicada em 06 de janeiro de 2016

O Procon de Cachoeiro recomenda evitar compras no início do ano letivo e muita pesquisa de preços O Procon de Cachoeiro recomenda evitar compras no início do ano letivo e muita pesquisa de preços

Janeiro é mês de férias e de preparar a volta às aulas. Mas, antes de cair na tentação de resolver tudo logo, é bom ficar atento às dicas do Procon de Cachoeiro.

Quando o assunto é material escolar, a pesquisa de preços é sempre fundamental. Isso porque as diferenças de valores entre itens iguais podem ser grandes e pesar no bolso.

Para economizar mais, também é válido buscar descontos. Algumas lojas concedem abatimento para compras em grandes quantidades. Portanto, sempre que possível, reúna um grupo de consumidores e discuta sobre essa possibilidade com os estabelecimentos.

O ideal é não deixar para fazer as compras só no início do ano letivo. “Perto da volta às aulas, há uma demanda maior, o que faz também com que as marcas de produtos mais baratos se esgotem rapidamente. Dessa maneira, o consumidor que deixar as compras para a última hora, provavelmente terá que optar por produtos com o preço mais elevado”, explica Rogério Athayde, coordenador do órgão municipal de defesa do consumidor.

Não levar as crianças para as compras é recomendável. Produtos com personagens, logotipos e acessórios licenciados, os favoritos delas, geralmente são mais caros.

Não recorrer aos ambulantes é uma forma de evitar possível dor de cabeça. Apesar dos preços mais baixos e atraentes, o comércio informal não fornece nota fiscal, o que pode dificultar a troca ou assistência do produto se houver necessidade.

Neste mês, o Procon de Cachoeiro está de olho na venda de materiais escolares. A fiscalização percorre diversas papelarias e lojas de uniformes em geral, aferindo e coibindo infrações.

“Nos próximos dias, vamos disponibilizar ao público uma tabela contendo pesquisa de preços de itens de material escolar, feita em alguns estabelecimentos do ramo. O objetivo é que o consumidor possa comparar os valores e fazer a compra do modo que melhor se enquadre em sua realidade orçamentária”, anuncia Athayde.


Mais dicas:

- Pesquise preços em pelo menos 3 fornecedores (papelarias, livrarias, bazares, atacadistas, etc) e verifique a possibilidade de descontos e facilidades de pagamento para compras em conjunto com outros pais.

- Evite produtos da moda, que geralmente são mais caros;

- Substitua materiais da lista por produtos similares (outra marca), com preços menores;

- Evite produtos com características de brinquedo, que tiram a atenção das crianças e prejudicam o seu aprendizado;

- No caso de colas, borrachas aromatizadas, giz de cera, tintas, etc, verifique a composição do produto (algumas substâncias utilizadas podem ser tóxicas), instruções de uso e de limpeza (mãos, cabelos, roupas, etc);

- Alguns produtos devem ser testados antes da compra (apontador, caneta, grampeador, furador, compasso, etc).

Copyright © 2013 Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - Todos os direitos reservados
Praça Jerônymo Monteiro, 28 - Centro - Cep.: 29300-170 | SAC 156 - Tel.: 28 3155-5237