É necessário que seu navegador esteja com o javascript habilitado
logo

Black Friday: Procon de Cachoeiro dá dicas sobre possíveis ciladas

Publicada em 25 de novembro de 2016

Acompanhar o preço da mercadoria antes de comprá-la é uma das recomendaçõesAcompanhar o preço da mercadoria antes de comprá-la é uma das recomendações

A Black Friday, que ocorre nesta sexta-feira (25), mais uma vez é marcada pela promessa de grandes descontos em todo o comércio brasileiro. No entanto, segundo o Procon de Cachoeiro de Itapemirim, é preciso atenção redobrada – seja nas vitrines das lojas físicas ou das páginas virtuais – para ter a economia garantida na hora da compra.

Atraso na entrega, variações de preço durante o processo de aquisição do produto e valores enganosos estão entre as principais queixas.

A primeira dica é acompanhar o preço dos produtos antes de comprá-los. “Você pode visualizar o histórico de valores em sites como o JáCotei, Buscapé ou Baixou. Assim você evita aquelas promoções ‘tudo pela metade do dobro’, com preços inflados para o desconto parecer imperdível”, explica o coordenador do órgão municipal de defesa de consumidor, Rogério Athayde.

Também de acordo com ele, caso a página virtual da loja fique instável, ou se o preço mudar durante a compra, as informações devem ser salvas; e a reclamação, registrada na empresa. “Sempre que possível, guarde uma captura de tela”, esclarece.

Outra dica importante, acrescenta Athayde, é arquivar tudo o que possa comprovar a compra, incluindo oferta, pedido, comprovante de pagamento, contrato e anúncios publicitários.

O que fazer após a Black Friday?

O coordenador do Procon de Cachoeiro lembra que o preço promocional não anula os direitos do comprador. “A empresa não pode desrespeitar você só porque cobrou barato por um produto. Se você tiver algum problema, reclame. A loja tem de responder e resolvê-lo em até cinco dias”, frisa.

E completa: “Se você comprou uma mercadoria no calor do momento, mas depois se arrependeu, saiba que você tem até sete dias para cancelar o pedido. A empresa deve estornar 100% do valor, incluindo frete”.

Athayde reforça ainda que, caso haja demora na entrega ou, então, o produto chegue danificado, o consumidor pode cancelar a compra ou trocar a mercadoria. “Examine-a assim que chegar para notar quaisquer problemas”, enfatiza.

“Você pode solicitar a entrega agendada sem pagar a mais por isso, escolhendo inclusive o período do dia, seja de manhã ou à tarde. Porém, o prazo é geralmente muito maior”, orienta o coordenador do Procon, salientando que esse tipo de entrega também está disponível em outros estados, porém pode custar mais caro.

Não se esqueça:

– Exija sempre a nota fiscal;
– Caso a mercadoria venha danificada, entre em contato com a empresa;
– Fique atento ao prazo de arrependimento de sete dias, caso tenha comprado pela internet;
– Ao receber o produto, procure testá-lo;
– Em caso de cobranças indevidas dos produtos, vá ao Procon de Cachoeiro, que fica na avenida Monte Castelo, 28, bairro Independência.

Copyright © 2013 Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - Todos os direitos reservados
Praça Jerônymo Monteiro, 28 - Centro - Cep.: 29300-170 | SAC 156 - Tel.: 28 3155-5237