É necessário que seu navegador esteja com o javascript habilitado
logo

Agricultores de Cachoeiro têm apoio para certificação de orgânicos

Publicada em 18 de junho de 2018

Certificado contribui para valorização dos produtos e incentiva produção de alimentos mais saudáveisCertificado contribui para valorização dos produtos e incentiva produção de alimentos mais saudáveis

Oito propriedades rurais de Cachoeiro estão mais perto de conseguir a certificação de produção orgânica. Nesta semana, elas concluem um trabalho de preparação realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura e Interior (Semai), em parceria com o Sebrae. Os produtores recebem as últimas visitas técnicas nesta terça-feira (19).

A ação faz parte do programa de Agricultura Orgânica iniciado pela Semai no ano passado. O objetivo é incentivar a produção de alimentos sem a utilização de agrotóxicos ou derivados de produtos químicos e sementes modificadas, visando a sustentabilidade econômica, social e ambiental no campo. Isso se dá por meio da propagação de conhecimento e, consequentemente, da adoção de práticas como rotação de cultura, adubação orgânica e controle biológico.

A preparação das oito primeiras propriedades alcançadas pelo programa, focadas principalmente em fruticultura e no cultivo de hortaliças, consistiu em quatro etapas, com cinco visitas mensais. Na primeira etapa, um técnico realizou um diagnóstico do sistema de produção. Na segunda, foi apresentado um plano de ação para a propriedade. Na terceira, realizou-se acompanhamento e orientação técnica dos produtores.

Na quarta e última etapa, em curso até esta terça, é elaborado o plano de manejo orgânico. Com isso, os produtores recebem um documento com o planejamento, que inclui orientações sobre o tipo de adubação adequado para o controle de pragas nas plantações.

Finalizados os procedimentos, as propriedades se tornam aptas a passar pela auditoria para a certificação, que, no Espírito Santo, é realizada por uma empresa privada credenciada. Com o selo de orgânico, os produtos têm maior valor agregado. Outro incentivo do programa é que os produtores terão que arcar com apenas 20% dos custos para a obtenção da certificação, sendo o restante custeado pelo Sebrae.

Produtor da localidade de Monte Alegre, no distrito de Pacotuba, Paulo Sérgio de Sousa está investindo na produção de alimentos orgânicos há cerca de quatro anos, mas só agora está conseguindo dar o grande salto rumo à conquista da certificação. “A assessoria que a gente recebeu foi muito boa. Fazer a conversão para a produção orgânica gera um custo maior, então, receber o certificado vai ajudar muito”, comenta.

“Esse trabalho representa um grande passo para a produção rural de Cachoeiro. Nossos produtos ganham mais valor de mercado e a população se beneficia com a possibilidade de consumir alimentos ainda mais saudáveis”, destaca o secretário municipal de Agricultura e Interior, Robertson Valladão.

Adesão ao programa

Os produtores interessados em aderir ao programa de Agricultura Orgânica devem procurar o setor técnico da Secretaria Municipal de Agricultura e Interior, localizado dentro do Parque de Exposição do Aeroporto, no prédio administrativo. O telefone de contato é o (28) 3155-5359.

Copyright © 2013 Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - Todos os direitos reservados
Praça Jerônymo Monteiro, 28 - Centro - Cep.: 29300-170 | SAC 156 - Tel.: 28 3155-5237